VPD Nova York
Preparativos

Internet e chip de celular na viagem para Nova York

Hoje em dia ter internet no celular se tornou indispensável e durante uma viagem internacional não poderia ser diferente. Seja para pesquisar algo, usar mapas, traçar rotas, postar fotos e para se comunicar com quem está viajando com você ou com quem ficou no Brasil, estar conectado é algo essencial.

Tanto com uma conexão por wi-fi quanto por 3G/4G é possível não apenas mandar mensagens, acessar as redes sociais, mapas e aplicativos, mas também fazer ligações pelo WhatsApp, Facebook, Skype, Hangouts, o que soluciona o problema da maioria dos viajantes.

Algumas dúvidas muito comuns de quem viaja pra Nova York são: será que eu preciso de um chip de celular? Consigo me virar pela cidade usando apenas wi-fi? Por isso, reuni aqui algumas dicas que podem te ajudar a entender qual a melhor opção para a sua viagem!

Wi-fi

A forma mais econômica de usar seu celular em Nova York é pelas milhares redes de wi-fi grátis disponíveis, começando pelos três aeroportos, passando pelos milhares de cafés, restaurantes, museus, parques, hotéis e até mesmo nas estações de metrô e pelas ruas da cidade.

As estações de metrô também possuem wi-fi, o que ajuda bastante a consultar algum caminho no celular!
As estações de metrô também possuem wi-fi!

Sim, wi-fi até pelas ruas da cidade e não só wi-fi. Em algum momento você vai acabar se deparando com os MUITOS e ótimos totens da LinkNYC. Esses totens são para uso de todos e de graça, e têm além de wi-fi com alcance de sinal de 45,7 metros, entrada USB pra você recarregar o celular, um telefone para ligações nacionais gratuitas e um tablet que permite acesso a mapas e rotas da cidade, entre outos aplicativos. Ele é tipo um orelhão, só que infinitamente mais tecnológico! hehe

Admito que fiquei chocada com tanta modernidade na primeira vez que dei de cara com um desses totens bem no meio da calçada no Upper West Side. É algo incrivelmente útil, principalmente pros turistas, porque eles estão por todo canto. Só para ter dar uma idéia, todas essas bolinhas azuis na imagem abaixo representam Links nessa região de Manhattan:

Print do site da LinkNYC com as localizações de totens pra usar a internet do celular.
Se tem uma cidade bem servida de wi-fi, essa cidade é Nova York!

E eles não ficam só em Manhattan, as outras regiões também contam com uma infinidade de Links espalhadas pelas ruas principais, além dos outros lugares com wi-fi, os cafés, restaurantes e todos os demais.

Se você quiser procurar pelos LinksNYC em alguma região específica por onde vá passear, por exemplo, neste link aqui do site deles é possível pesquisar pelo endereço, zip code ou pelo nome do local.

Esse é um sistema bem útil para os turistas que precisam carregar o celular ou usar a internet!
Esse é um sistema bem útil para os turistas! Foto do Instagram da LinkNYC

A conexão a uma rede de wi-fi permite que você se comunique pelos mesmos aplicativos que você usaria no dia-a-dia, e também que você faça ligações pra outros celulares por meio de aplicativos como o Whatsapp, Skype, Facebook, Hangouts.

Pode acontecer de você se deparar com estabelecimentos que só liberam a senha se você consumir algo, e olha, te digo que já comprei muito café em troca de poder usar um pouquinho do wi-fi nesse mundo afora, mas, por sorte, nunca passei aperto em Nova York e pelo menos nos Starbucks (que estão por todo canto), as redes costumam ser abertas e sem senha para todos, não apenas para quem vai consumir algo!

Apesar da maioria das opções de wi-fi ser de graça, vale lembrar que essa é uma forma de comunicação em que existe a possibilidade de você ficar na mão em algumas ocasiões, pode acontecer de você estar em algum local em que a rede não está funcionando ou que não esteja disponível para uso de todos, é algo que foge mais do nosso controle do que um chip de celular, por exemplo.

Para alguns viajantes, ter que caçar uma rede wi-fi pode não ser o ideal, caso em que comprar um chip de celular com dados disponíveis pode trazer mais segurança, mas vou falar mais sobre isso em breve.

São muitas redes disponíveis, mas ainda assim contar só com o wi-fi pode te deixar na mão!
São muitas redes disponíveis, mas ainda assim contar só com o wi-fi pode te deixar na mão!

Se a sua intenção for cortar esse gasto da lista e usar apenas as redes de wi-fi grátis, um ponto muito importante, como em várias etapas da viagem, é o planejamento. Deixar algumas coisas alinhadas antes mesmo de sair do Brasil pode te poupar tempo e também evitar dores de cabeça se em algum momento você não encontrar uma rede funcionando:

  • Baixe aplicativos úteis antes da viagem: enquanto você ainda está no conforto do lar, com aquela internet boa, baixe todos os aplicativos que poderão ser úteis ao longo da viagem, como o Google Tradutor, Google Maps, NYC Subway, Open Table, Uber, Lyft, e para os que exigem um cadastro e um cartão de crédito vinculado, também já adiante esse passo para não perder tempo. Quando a hora de usá-los chegar, é só achar o wi-fi e pronto!
  • Trace as rotas antes de sair: não deixe para chegar na porta do metrô pra então pesquisar qual linha você precisa pegar, veja com antecedência qual o trajeto do aeroporto até o hotel, e depois, antes de sair para cada dia de passeio, trace as rotas e dê prints no celular para ir consultando ao longo do dia, ou anote num caderninho se você for mais das antigas como eu. 
  • Faça as compras online com antecedência: aproveite pra fazer isso antes da viagem, quando além da internet de casa, você ainda tem bastante tempo para pesquisar com calma tudo que pretende comprar. As compras online, em especial pela Amazon, tem muitas vantagens, principalmente a economia do seu tempo de viagem.

É claro que nem sempre você vai conseguir prever todas as necessidades da viagem com antecedência, imprevistos acontecem e toda viagem tem sempre uma pitada de espontaneidade, né? Nesses momentos, se onde você estiver não encontrar uma rede disponível, ande um ou dois quarteirões, algum wi-fi vai aparecer pra te salvar!

O que gostamos

  • é a forma mais econômica de usar seu celular pois é de graça.
  • existe uma infinidade de redes disponíveis pela cidade.

O que não gostamos:

  • caso você não encontre uma rede disponível, pode ficar na mão.

Chip de celular

Ok, Nova York é uma cidade com uma ótima cobertura de redes wi-fi, então será que eu preciso de um chip de celular?

Ter um chip durante a viagem pode ser uma boa opção para quem não abre mão de estar sempre conectado, ou para quem busca mais segurança, seja para uso de mapas, de tradutor ou mesmo para chamar um Uber.

Geralmente quem vai viajar sozinho quer contar com essa segurança adicional que o chip traz. O mesmo vale para quem tem pouco ou nenhum domínio do inglês (veja aqui nossas dicas), e nesses casos, acho que vale a pena sim ter esse gasto a mais na viagem.

Ter internet no celular o tempo todo pode te dar mais segurança na viagem!
Ter internet o tempo todo pode te dar mais segurança na viagem

Pra quem vai viajar em grupo e quer também ter essa segurança, comprar um ou dois chips e dividir a internet (e o valor!) com o resto da turma é uma forma de economizar, a maioria dos smartphones hoje tem essa função de compartilhar o sinal.

Um ponto importante e que deixa bastante gente apreensivo na hora de optar por um chip é sobre o Whatsapp, e a boa notícia é que mesmo que o chip tenha um outro número de celular, você consegue manter seu número original no aplicativo e continuar usando ele da mesma forma que estava usando no Brasil. Depois de instalar o novo chip, o próprio Whats vai te mandar uma mensagem perguntando se você quer atualizar pro novo número ou manter o antigo, aí é só escolher a opção de manter.

Hoje em dia opções de chip de celular para uso no exterior não faltam e com isso mais dúvidas aparecem, como qual chip comprar e onde comprar, se antes ou durante a viagem, então vou explicar um pouquinho de cada uma das opções pra você ver o que faz sentido pra você.

Chip de celular pré-pago antes da viagem

Esse é o chip de celular que você compra ainda no Brasil, antes de embarcar pros Estados Unidos.

Uma grande vantagem do chip que você compra antes da viagem é que assim que o avião pousar nos Estados Unidos você já tem acesso à internet, pois pode já colocar o novo chip no seu aparelho durante o vôo e sair usando. Para quem quer ter mais segurança na hora de ver o caminho ou chamar um Uber do aeroporto até o hotel, por exemplo, é uma forma de se garantir.

Comprando o chip de celular no Brasil, você já sai do avião com internet
Comprando o chip no Brasil, você já sai do avião com internet

Na hora de escolher a empresa em que você vai comprar seu chip, se atente para todas as condições da compra, veja se o chip funciona em todos os aparelhos, se a internet (plano de dados) é ilimitada ou quantos gigabytes oferece, se ele inclui ligações (plano de voz) nacionais ou internacionais, além de quantos dias de internet ele dá direito, o prazo de entrega na sua casa e principalmente, se eles possuem um suporte, caso você precise de alguma ajuda.

Compre o chip apenas com as funções que você realmente vai usar! Para quem precisa de um plano que permita fazer ligações para o Brasil, o preço pode ser um pouco mais alto. Lembre-se que você pode usar aplicativos como o Whatsapp, Facebook, Skype, para ligar para outros celulares no Brasil ou em qualquer lugar do mundo, mas para ligar pra um telefone fixo você vai precisar de um plano com essa função.

Hoje há muitas opções pra comprar um chip pré-pago antes da viagem, e eu costumo usar os serviços da Viaje Conectado, que eu confio bastante e que conta com um ótimo suporte em português para qualquer problema. Por a partir de US$35 você já tem um excelente plano de dados que te permite usar internet de qualidade no celular, além de pagar em reais. Pra quem quiser comprar com eles, temos um cupom de desconto do VPD, é o VPD10! 🙂

Você também vai encontrar esses chips a venda nos aeroportos do Brasil, mas sinceramente, nunca vi nenhuma opção que valesse a pena financeiramente, todas cobram preços mais altos e você fica meio sem saber como vai algum contato com a empresa em caso de um problema depois da chegada nos EUA, então  realmente nunca vi vantagem em comprar.

O que gostamos

  • você já desce do avião com conexão de internet.
  • dificilmente vai ficar sem sinal durante a viagem.
  • em muitos casos pode comprar o chip pagando em reais.
  • conta com suporte em português.

O que não gostamos

  • é um gasto a mais na viagem.
  • se você precisar fazer ligações para um telefone fixo no Brasil terá que pagar ainda mais pelo plano.

Chip de celular pré-pago americano

Essa é a opção de comprar um chip de celular depois da chegada aos Estados Unidos, de uma operadora americana. São 3 as principais marcas que vendem chips pré-pagos e você encontra diversas lojas delas espalhadas por toda a cidade: AT&T, T-Mobile e Verizon.

Se a ideia for comprar seu chip por lá, já veja a loja mais próxima do seu hotel e o horário de funcionamento, assim você consegue já se programar para a compra. No próprio Google Maps você consegue achar as lojas mais próximas do seu hotel ou de algum ponto turístico da sua lista.

O que eu costumo usar nas minhas viagens pra Nova York é o chip da T-Mobile no plano para turistas (Tourist Plan), que tem preços a partir de US$30 dólares para uso ilimitado da internet e mil minutos de ligações, por 3 semanas. Ele é um ótimo custo benefício, e geralmente a internet desses chips pré-pagos são de boa qualidade e rápidas.

Se programe para comprar o chip de celular já no início da viagem!
Se programe para comprar o chip já no início da viagem!

Em alguns outros locais como supermercados e farmácias você também pode encontrar esses chips pré-pagos, mas nem sempre terá um funcionário disposto a te ajudar a configurá-lo e terá que seguir as instruções da embalagem por conta própria.

Outra opção é comprar antecipadamente o chip pré-pago pelo site americano da Amazon e pedir para entregar no seu hotel, só cheque direitinho se existe alguma cobrança pra receber pacotes e o prazo de entrega. Comprando online, você não vai precisar ir até uma loja, mas também terá que fazer a configuração sozinho. Não é nenhum bicho de sete cabeças, mas eu acabo preferindo ir direto na loja e assim o atendente já me ajuda e saio de lá com tudo certinho.

Pra quem for configurar sozinho, basicamente você precisará ligar para um número mostrado na caixinha e digitar um CEP americano (ZIP code), que pode ser o do seu hotel, e depois de uns minutos você recebe um SMS com o número da sua linha. Pronto, chip ativado!

Com esse chip pré-pago, você vai ter um número de telefone americano e poderá falar com outros números americanos, de acordo com os minutos disponíveis no plano que você comprar, uma boa forma pra se comunicar com o resto do seu grupo, se mais pessoas tiverem também esse tipo de chip. Além disso, você também poderá mandar SMS e claro, usar o 3G/4G.

A oferta de chips de celular nos aeroportos não é tão grande!
A oferta de chips nos aeroportos não é tão grande!

Nos aeroportos americanos, geralmente a oferta de chips é menor e os preços são maiores, mas você encontra quiosques ou mesmo máquinas automáticas que vendem chips pré-pagos. A desvantagem aqui é que além do preço, se você tiver algum problema para configurá-lo, vai ter mais dificuldade em conseguir um suporte para te ajudar.

O que gostamos

  • poder estar conectado o tempo todo, sem depender de redes wi-fi.

O que não gostamos

  • é um gasto a mais na viagem.
  • dependendo do chip a ativação pode ser mais complicadinha.

Roaming Internacional

O roaming internacional nada mais é que usar o seu plano de celular no exterior, ou seja, você vai continuar usando o seu número, o seu chip e tendo acesso aos dados por 3G/4G, mas com uma cobrança diferenciada (leia-se mais cara!) por estar usando ele fora do Brasil.

Ao menos que você tenha um plano de celular que permita o uso dos dados e ligações em outros países com uma boa taxa, essa opção pode não ser muito vantajosa no preço, então se a idéia é usar o roaming, veja direitinho antes da viagem as condições e custos da sua operadora para não ter surpresas desagradáveis na volta. 

Veja se a opção do roaming internacional do seu plano de celular funciona pra você!
Veja se a opção do roaming internacional do seu plano funciona pra você!

De qualquer forma, vale entender se essa é uma possibilidade com o seu plano de celular, porque pode ser uma carta na manga em uma emergência, em que você esteja sem qualquer outra forma de comunicação e realmente precise acessar a internet ou mesmo fazer uma ligação.

O que gostamos

  • facilidade de usar seu celular normalmente, sem precisar trocar o chip ou o número.
  • a tranquilidade de ter sempre uma conexão com a internet.

O que não gostamos

  • o preço pode ser bem alto, dependendo do seu plano de celular.

Espero que essas dicas te ajudem a decidir qual a melhor opção para estar conectado durante a sua viagem! 🙂