VPD Nova York
Onde Comer

Totto Ramen: meu ramen preferido em Nova York

O Totto Ramen é um restaurante que eu adoro, que “bato cartão” em Nova York em todas as viagens, mesmo que a minha anfitriã não seja fã desse tipo de comida, não é mesmo, Re?

Nova York é uma cidade onde vivem milhares de imigrantes de todos os países, e isso se reflete muito na culinária diversificada encontrada nos seus bairros.

Eu ainda não estive no Japão e imagino que os ramens lá sejam sensacionais, mas, como grande entusiasta de qualquer tipo de comida oriental, seja japonesa, chinesa ou coreana, gosto de provar diferentes ramens sempre que posso, e o Totto Ramen é um dos meus preferidos.

Afinal, o que é ramen?

Pra quem não conhece e está se perguntando o que é um ramen: é um prato que nasceu na China, mas ficou famoso no Japão onde ganhou algumas variações, e foi se espalhando pelo resto do mundo.

O ramen ou lamen (tanto faz como você chama) é composto basicamente por um caldo à base de porco, frango ou vegetais, e macarrão, simples assim!

Os ramens ainda podem ter acompanhamentos e são muitas opções diferentes que dependem da região e do restaurante, como por exemplo, carnes, algas, ovos, vegetais, cebolinha, broto de feijão, entre outros.

Não é uma comida bonita, cheia de coisa boiando, eu sei! Mas o sabor é delicioso, eu prometo!

refeição completa: ramen e a entrada de kimchi.
O ramen se tornou mais comum no Brasil nos últimos anos

O meu ramen perfeito sempre foi o macarrão com caldo a base de porco, até provar o do Totto Ramen, mas vou contar mais sobre isso em breve! 😉

No Brasil, o ramen se tornou mais popular nos últimos tempos, mas em Nova York já vem sendo tendência há uns anos. Os restaurantes tradicionais sempre serviram ramen, mas ele acabou se tornando mais conhecido e comum de uns anos pra cá, depois que muitas casas especializadas nesse prato surgiram na cidade.

Ah, e pra quem nunca provou ramen, já aviso: ele é uma comida que te deixa bem saciado, e essa observação está vindo de mim, uma pessoa que come muito bem! hehe.

Como é o Totto Ramen?

O restaurante abriu em 2010 e veio com a onda de ramens que invadiu Nova York nessa época. Existem muitos ramens famosinhos na cidade e que ainda não tive a oportunidade de conhecer como o Momofuku (que a Re e a Mon já foram algumas vezes) e o Ippudo, mas até hoje o Totto Ramen é o meu preferido.

Apesar de o Totto Ramen ter algumas unidades por Nova York e até outros locais (tem até em Taiwan!), não dá pra chamá-lo de cadeia de restaurante não. A comida é bem fresca, preparada na hora e o menu tem algumas diferenças em cada uma das unidade.

A verdade é que o Totto Ramen é simples, sem frescura, tem poucas opções de pratos, mas é uma comida que te abraça e é tão saborosa que te deixa com uma memória afetiva dela, sabe? Quando sinto fome, eu lembro do gostinho do caldo e fico com muita vontade de comer lá. Vou pra NY pra matar a saudades da Rê, mas não nego que também fico com saudades das comidas, como esse ramen!

fachada de uma das unidades do Totto Ramen.
Foto: Instagram do @totto_ramen

Falando de uma maneira geral das 3 unidades de Manhattan, nenhuma delas fica em um lugar muito grande e com muitas opções de mesas. Não é um restaurante minúsculo, como muitos em Nova York, mas não tem muitas mesas, então o balcão é sempre uma opção para quem vai sozinho ou em duas pessoas.

Nas duas últimas visitas ao Totto Ramen, eu estava sozinha e sentei no balcão. Aliás, balcão é algo bem comum em restaurantes especializados em ramen, viu? Acho uma experiência legal, pois me entretenho vendo as comidas sendo preparadas e todo o processo de montagem dos pratos, fora o cheirinho delicioso dos caldos e frituras ali. 

o balcão do restaurante, também uma opção para sentar em dupla ou sozinho.
Ficar no balcão é uma experiência bem legal!

Um ponto importante sobre o restaurante é que ele não aceita nenhum tipo de cartão, apenas pagamentos em dinheiro. Isso é até que bem comum em restaurantes de Nova York, então tenha sempre alguns dólares à mão.

Ele também não aceita reservas, o que eu particularmente acho bom. É um esquema mais jogo rápido, você chega, entra na fila, caso tenha fila, come e vai embora. Eu sei, que muita gente prefere refeições mais longas, sem espera, com reserva, e isso vai do perfil de cada um.

Quando estou viajando de férias, na maioria das refeições não quero ter o compromisso de chegar com hora marcada em restaurantes. Meu perfil é mais flexível, então prefiro listar os restaurantes que quero conhecer, checar onde cada um fica e ir encaixando de acordo com os passeios que vou fazer, sem hora marcada. Mas vamos falar mais de planejamento em outros posts!

Em qual unidade ir?

Como adiantei, o Totto Ramen tem três unidades em Manhattan: uma em Hell’s Kitchen, uma em Midtown East e a outra em Midtown West.

A unidade de Midtown West é a menor de todas, e fica “escondida” em uma portinha: você desce alguns degraus e chega em um lugar pequeno, apertado, com poucas mesas e funcionários te acelerando para escolher logo o prato. 

Eu diria que ela é a unidade “raíz”, e onde peguei mais espera, cerca de 1h esperando num frio de doer, no meio da tarde de um dia de semana, mas que valeu a pena quando a comida chegou.

As unidades de Hell’s Kitchen e de Midtown East são as que você tem menos chances de pegar fila, ou, caso pegue, ainda deve sentar mais rápido, pois têm mais espaço no balcão e mais mesas, além de um atendimento mais atencioso. 

Estive em Hell’s Kitchen no almoço e em Midtown East no jantar e não peguei nem 15 minutos de fila, em dias de semana. Eu estava sozinha, mas mesmo alguns grupos de 3 ou 4 pessoas não estavam esperando muito mais que 20 ou 30 minutos.

Uma dica: as unidades de Hell’s Kitchen e de Midtown West ficam há 5 minutos a pé uma da outra, então se estiver na região, opte pela unidade com menos fila. Ambas ficam relativamente próximas de pontos turísticos como o Top of the Rock, o Rockefeller Center, o Museu de Arte Moderna Moma, e até da Times Square, sendo uma opção de refeição pré ou pós show da Broadway.

Vale você escolher a unidade de acordo com sua programação da viagem, e ver qual fica mais no seu caminho, mas garanto que você vai sair satisfeito de qualquer uma delas, pois a qualidade é a mesma nas três!

A comida do Totto Ramen

A estrela do cardápio do Totto Ramen é o ramen, claro! Um ramen delicioso, com muito sabor e consistência, nada daqueles caldos ralos de miojo (peço desculpas por comparar miojo e ramen), mas algo realmente encorpado.

o famoso ramen do Totto Ramen, enorme e saboroso!
Escrevendo esse post com fome!

O que diferencia o ramen do Totto de grande parte dos outros é que a base do caldo é feita de frango, e não de carne de porco, o tipo mais comum.

Antes de provar o ramen de lá, eu já tinha comido muitos ramens nessa vida, e tinha certeza que a combinação perfeita era caldo à base de carne de porco com acompanhamento de carne de porco, mas mudei de idéia no Totto Ramen. O caldo deles é perfeito e deixa o prato muito menos gorduroso.

O macarrão é feito por eles, no mesmo dia, e não é muito grosso, o que combina perfeitamente com o prato. A não ser que você escolha ramen vegetariano e de camarão, você terá que escolher a carne que preferir: porco ou frango. Ela já está incluída no valor do prato e vem 2 pedaços de um bom tamanho.

Macarrão do ramen, que vem acompanhado de carne e caldo.
O ramen vem com macarrão, carne, caldo e pode ter acompanhamentos

Essa carne vem “boiando” no macarrão com o caldo, e é bem molinha, para partir e comer facilmente com hashis (aqueles talheres em forma de palitos). Todos os pratos vêm com cebolinha, e alguns com um pedaço de alga.

Por um valor a mais, você pode adicionar ainda itens como ovo, cogumelo, mais uma porção de carne, abacate, alho, repolho, broto de feijão, milho, enfim, muitas opções. Eu sou mais conservadora nesse aspecto, então no máximo acrescento um ovo.

A opção vegetariana deles tem o caldo à base de shitake e alga nori, e no lugar da carne são legumes e vegetais. 

Uma coisa que eu amo do Totto Ramen é que por mais $2,50 você pode pedir uma porção extra de macarrão, então se por acaso sobrar caldo e você ainda estiver com fome, pode pedir um “refil” de macarrão. Esse é o tipo de refil que deveria existir também em restaurantes de massas! 😀

As porções são bem servidas, então ir ao Totto Ramen na hora do almoço pode ser uma boa idéia para quem se farta muito facilmente. Eu já comi no almoço e no jantar e pra mim funciona das duas formas, mas eu saio super satisfeita mesmo.

Para não te deixar muito perdido com o cardápio, já que os nomes dos pratos podem ser um pouco confusos, vou explicar um pouquinho o principal aqui.

Caso queira optar pelo ramen mais básico, a opção é o Chicken Paitan, que tem um tamanho normal de ramen. Outra opção é o Mega Paitan, que é o que eu sempre peço, e nada mais é do que o Chicken Paitan um pouco maior e com adicional de carne desfiada. A carne você escolhe, frango ou porco.

Eles têm também opções de entradas e porções, como os buns (ou baos), o edamame, frango frito e guioza, mas, como sei que os ramens são bem servidos, acabo sempre optando por uma entradinha mais leve, o kimchi. 

porção de kimchi do Totto Ramen.
Porçãozinha de kimchi

A verdade é que gosto tanto de kimchi, que mesmo sabendo que não vou conseguir comer toda a porção, eu acabo pedindo, porque não é algo super fácil de achar no Brasil. Para quem não conhece, kimchi em sua forma mais comum é uma conserva feita de acelga, com bastante pimenta.

Até teria a opção de levar as sobras pra casa, mas o kimchi tem um cheiro muito peculiar (ou seja, ruim) e tenho certeza que a Re me mataria se eu colocasse isso na geladeira dela. Quem já comeu kimchi vai entender o que estou falando.

Para beber, eles têm opções de refrigerantes, cervejas, saquês e chás, mas a boa e velha tap water (ou água da pia, servida sem nenhum custo) nunca falha e ajuda a economizar uns dólares. É sempre a minha opção.

Para ser sincera, nunca me atentei às sobremesas do Totto Ramen, pois realmente saio mais que satisfeita de lá e não acho que eles têm opções que valham a pena. Prefiro mil vezes comer um docinho em outro lugar, e você pode se inspirar no nosso Top 10 melhores doces de Nova York para a sua escolha.

Os preços variam entre $14 e $18 dólares para os pratos principais, e entre $4 e $10 para as entradas. Não é nada proibitivo, principalmente levando em conta que é uma comida farta, que te deixa saciado e foge do basicão. Dá até pra dividir um prato, dependendo da fome.

Conclusão 

O Totto Ramen é uma opção ótima de ramen em Nova York, tanto para quem já é fã desse prato quanto para quem quer conhecer um restaurante especializado no assunto durante a viagem.

Além de ter 3 unidades em Manhattan super bem localizadas e de fácil acesso, os preços do Totto Ramen são bacanas, na minha opinião. O ambiente é bem descontraído, sem frescura, perfeito para um almoço entre um ponto turístico e outro, ou para um jantar de encerramento do dia.

Esse restaurante tem um espaço especial nas minhas viagens a Nova York e se você decidir incluir na sua programação, me conte depois o que achou! 🙂

Nome: Totto Ramen
Endereços: Midtown West – 366 W 52nd St, NY  – 50 St Station
Midtown East: 248 E 52nd St, NY – 51 St Station ou Lexington Av 53 st Station
Hell’s Kitchen: 464 W 51st St, NY – 50 St Station
Preço: entre US$16 -US$20, dependendo do que você quer pedir.
Cardápio: clique aqui
Observações: funciona bem pra um almoço entre pontos turísticos na região de Midtown ou pra um jantar após os passeios, até depois dos shows da Broadway.
Avaliação do VPD: