VPD Nova York
O que fazer

Programa de TV em Nova York: como assistir a uma gravação

Fiquei MUITO feliz quando a Rê me chamou pra escrever esse post sobre a minha experiência assistindo a gravação de um programa de TV em Nova York, especificamente o talk show Late Night with Seth Meyers, que foi uma das minhas programações preferidas na cidade.

Essa é uma programação gratuita e super diferente, e eu vou contar um pouco sobre como funciona o processo de conseguir ingressos e como é o dia da gravação, pra quem sabe te ajudar a decidir se ela faz sentido na sua viagem. 

Pra começar, preciso contar que eu sou muito fã do Seth Meyers desde a época de Saturday Night Live, e arrisco dizer até que ele foi um dos motivos pelos quais eu escolhi o meu curso na faculdade. Até hoje o programa dele é o meu entretenimento na hora do café da manhã, por isso dá pra ter uma ideia da minha alegria quando surgiu a oportunidade de ver uma gravação ao vivo!

Studio da NBC para assistir a gravação do programa do Seth Meyers.
Foto de uma viagem passada – muito fã 😂

Ingressos

Como participar de um talk show em NY?

A primeira coisa que você saber é que esse é um tipo de programação que exige algum planejamento prévio. Isso porque os ingressos para assistir a uma gravação do Late Night são gratuitos, mas é necessário se inscrever no site com alguma antecedência para conseguir. Os programas são gravados normalmente de segunda à quinta, mas eles podem ter semanas de pausa. 

Ah, aqui vale uma informação: vocês vão reparar que faz alguns anos que eu fui ao programa, mas todo esse processo continua funcionando da mesma forma!

Normalmente, os ingressos para o Seth Meyers ficam disponíveis na primeira semana do mês anterior à data do programa (ou seja, ingressos para maio ficam disponíveis na primeira semana de abril), mas vale acompanhar o calendário de gravações quando você tiver definido os dias da sua viagem. 

Imagem do tweet do programa do Seth Meyers convidando para assistir a gravação.
Eles avisam nas redes sociais quando os ingressos ficam disponíveis!

Eles também avisam no Twitter e no Instagram quando os ingressos para o mês seguinte estão disponíveis, então é um bom jeito de acompanhar e ficar sabendo assim que forem liberados.

Comigo foi assim: no dia 7 de julho eu fiz a solicitação para a gravação do dia 4 de agosto. Dez dias depois, recebi um email avisando da disponibilidade na data escolhida e pedindo para que eu confirmasse o interesse.

É bom confirmar o interesse assim que receber o email!

Os ingressos foram confirmados e eu recebi eles no meu email junto com algumas informações extras, como qual entrada do Rockfeller Center usar e que horas chegar. Todo esse processo foi super simples, basta ficar de olho no site com antecedência para garantir as datas. 

Email de confirmação do ingresso para assistir o programa.
Se você não for conseguir ir, cancele o ingresso pra liberar a vaga para outra pessoa!

E se eu não conseguir ingresso antecipado?

Caso você não consiga do jeito que eu contei aqui em cima, existem outras alternativas. A primeira são ingressos para o ensaio do monólogo. Eles são entregues no dia da gravação às 11:30h da manhã, na loja da NBC no Rockefeller Center. É no ensaio do monólogo que eles testam várias das piadas que serão feitas mais tarde no programa, refinando o roteiro e entendendo o que funciona e o que não funciona com a audiência. 

Eu não testei essa possibilidade porque o programa que eu assisti foi o último antes da pausa para as Olimpíadas de 2016, que foram transmitidas na NBC. É uma versão bem mais curtinha do programa e feita apenas para afinar o roteiro, mas deve ser bem legal especialmente para quem é fã como eu. Adoraria testar em nome do jornalismo investigativo 😛

Outra opção são os ingressos de stand-by. Eles são entregues às 9h da manhã no dia da gravação, mas a fila pode se formar bem antes, especialmente dependendo de quem forem os convidados. Essa opção pode ser legal pra quem decide uma viagem mais de última hora e quer ter a experiência, mas tem o lado negativo de que mesmo recebendo um ingresso pela manhã, pode ser que eles não consigam te acomodar para a gravação do dia. Ainda assim, é o que eu teria feito caso não tivesse conseguido ingressos antecipados! 

Como funciona a gravação?

Eles pedem pra que a gente chegue com alguma antecedência, e formam uma fila no lobby da NBC. Nos emails eles avisam que quem chegar muito cedo pode ser convidado a se retirar e voltar mais tarde, já que ali é o local de trabalho de muita gente e eles não querem aglomerações. Melhor seguir o horário do ingresso mesmo!

O 30 Rock é cheio de entradas, mas eles te indicam qual é a certa!

Ali você apresenta os seus ingressos (pode ser no celular mesmo, não precisa imprimir) e recebe uma pulseirinha. Nesse momento acontece também uma revista de bolsas e um detector de metais. Malas, mochilas e sacolas não são permitidas, por isso é melhor deixar tudo isso no hotel antes de ir para evitar qualquer problema.

O ingresso vem com todos os detalhes que você precisa saber!

Depois disso a gente é levado para uma espécie de lounge, e aqui vale um parênteses: enquanto eu estava por lá, um dos pages da NBC (os funcionários que conduzem os visitantes e fazem tours) comunicou casualmente que aquele lounge foi feito especialmente para o aniversário de 40 anos de Saturday Night Live, e que por aqueles sofás passaram pessoas tipo Tina Fey, Amy Poehler, Steve Martin, Paul Simon… Precisa falar que eu tive um pequeno piripaque? Disfarcei bem, mas por dentro eu estava gritando hahaha

Nesse lounge (chamado de Peacock Lounge) eles passaram algum tempo fazendo joguinhos tipo mímica e trivia sobre o Seth Meyers. Confesso que não sou fã desse tipo de interação então não participei muito, mas é super engraçado assistir a animação dos americanos e cria um clima legal para a gravação. É lá também que você recebe um cartãozinho numerado que vai dividir os grupos e definir onde eles vão sentar no estúdio. Esses assentos não são distribuídos pela ordem de chegada e sim por algum critério interno deles.

Pulseira para acessar o studio onde o programa é gravado.
A pulseirinha que a gente recebe!

Aliás, vale dizer que eu fui sozinha, mas é possível solicitar mais ingressos (acredito que até 2 por pessoa). De qualquer forma, achei essa experiência mais solitária bem legal também já que não fiquei distraída conversando e consegui prestar atenção em tudo! Pra quem estiver viajando sozinho para Nova York, fica a sugestão de programação.

Depois de algum tempo, os funcionários levam a gente em pequenos grupinhos até o oitavo andar (sim, pelos elevadores icônicos da NBC – ou icônicos pra mim, viciada na série 30 Rock), onde fica o estúdio. É bom lembrar que em nenhum desses momentos é permitido fotografar, e é super importante levar essa regra a sério já que sempre tem alguém de olho e a sua visita pode ser interrompida caso você seja visto fotografando, além de não ser nada legal, né?

Mais uma do studio da NBC, onde vários programas são gravados.
O prédio da NBC <3

A entrada do estúdio fica do ladinho de onde Saturday Night Live (programa super famoso da NBC) é gravado, então você pode ver um pouquinho dele e de algumas fantasias que ficam expostas ali. Entrando no estúdio, um dos funcionários te indica onde sentar. Ah, se eu puder dar uma dica, como todo estúdio de televisão esse é BEM frio, então vale levar um casaquinho mesmo que seja verão como quando eu fui.

Antes de começar, o Seth Meyers vai até o palco e explica um pouquinho sobre como vai funcionar a gravação, quem são os convidados, faz uma ou duas piadas e sai pra se preparar. Um comediante também faz uma pequena abertura e repassa algumas das regras, como não gritar ou aplaudir fora de hora. Confesso que não lembro muito bem o que ele falou pois ainda estava meio abalada de estar ali, mas foi algo nessa linha.

Depois disso, o programa segue na mesma ordem que passa na televisão: o monólogo, alguns segmentos especiais, as entrevistas com os convidados e por último a apresentação musical. No dia que eu fui, tive a sorte de assistir ao vivo um A Closer Look, que é com certeza o meu quadro preferido do programa, mas as atrações de cada dia podem variar.

Como quase tudo em Nova York, o estúdio é super pequenininho e mesmo sentando mais no fundo eu tive uma ótima visão do programa todo. Além disso, tem monitores espalhados pela plateia para que todo mundo consiga ver o programa do jeito que ele vai ao ar, com todos os gráficos e vinhetas.

No dia da minha visita um dos entrevistados era o cantor Blake Shelton, que também fez uma apresentação musical. Na hora de montar o palco pra essa apresentação, o Seth (olha eu, bem íntima) subiu até a platéia e ficou respondendo várias amenidades, desde como estava o bebêzinho dele até histórias da faculdade. Achei super legal da parte dele ter esse momento de interação mais pessoal com a audiência, que pelo que eu li em algumas avaliações acontece em todas as gravações. Muito simpático, fiquei feliz!

Seth Meyers durante a gravação do seu programa, conversando com a platéia.
Ele sempre vai até a platéia conversar com o público! Foto: Lloyd Bishop/NBC

Falando sobre os entrevistados, não vale se prender muito nisso pra decidir ir ou não, viu? Claro que deve ser super legal ver uma pessoa de quem você é fã, mas acaba sendo uma loteria mesmo já que os ingressos são distribuídos bem antes dos convidados serem divulgados. Te garanto que isso não afeta a experiência! 

Ao contrário de programas tipo Oprah e Ellen, esse não costuma ter prêmios milionários para a platéia, mas ganhei um par de ingressos para um show do Blake Shelton no Barclays Center 😜 Não deu pra ir porque era meses depois da viagem ter acabado, mas fica aqui a informação de que pode ser que você ganhe alguma coisinha!

Eu fiz Rádio e TV na faculdade e por isso já pude acompanhar algumas outras gravações, mas realmente fiquei impressionada com o funcionamento de tudo. Qualquer filmagem sempre tem tempos de espera, bastante repetição e acaba sendo bem menos glamuroso do que muita gente imagina, mas aqui era super claro como tudo é super organizado e, na falta de uma expressão melhor, bem azeitado.

As minhas expectativas eram super altas e foram correspondidas justamente por eu ser muito fã, mas acho que qualquer pessoa que gosta de televisão e tem interesse nesse universo também deve aproveitar bastante. Além disso, é uma atração bem diferente e única pra ter em Nova York, e dar aquele toquezinho especial na programação. Pra mim, só estar dentro do 30 Rock já valeria a pena (tanto que fiz a tour pelo prédio 3 dias depois), mas acompanhar um dos meus programas preferidos foi bem inesquecível!  

Outros detalhes

A produção do programa indica no site que as gravações duram cerca de uma hora e quinze minutos, mas que é importante separar pelo menos três horas para fazer o processo todo. Na minha experiência foi isso mesmo, cheguei às 16:45h e saí um pouco antes das 20h. O Rockefeller Center é super fácil de chegar andando ou de metrô, e é uma das nossas atrações imperdíveis em Nova York, por isso dá pra aproveitar e já conhecer um pouco dele antes da gravação! 

Ah, para participar de uma das gravações, é necessário ter pelo menos 16 anos e apresentar um documento válido na chegada. Além disso, a mesma pessoa não pode assistir a gravação de mais de um programa dentro do período de 4 meses. 

Muita gente se preocupa com a roupa, especialmente porque eles avisam no site que podem negar a entrada de pessoas vestidas de forma inapropriada, mas acredito que isso aconteça apenas em casos bem extremos. Quase todo mundo estava de camiseta, jeans e tênis, e não sendo nada que vá chamar muita atenção caso você apareça na câmera, é difícil ter algum problema com isso.

Vale a pena?

Como sempre, a resposta pra essa pergunta depende de várias coisas:

  • Como está a sua programação em Nova York? Eu cheguei antes das 17h no prédio da NBC e saí de lá perto das 20h, então é um tempinho bem considerável, especialmente em uma viagem com menos dias. Avalie se o tempo x aproveitamento compensa pra você! Pra mim compensou muuuito, mas eu já tinha viajado para Nova York antes e conhecido as atrações turísticas principais, então nessa viagem pude focar nessas programações mais alternativas – para os brasileiros, já que os turistas americanos vão em peso!
  • O quanto você se interessa por esse tipo de programa? Como eu já falei, sou super fã mas sei que pode não ser um tipo de humor que agrada todo mundo, especialmente no caso do Late Night que tem vários segmentos focados em política norte americana (é de onde eu tiro todas as minhas notícias sobre isso 😂). Além disso, é legal entender inglês pra acompanhar bem as piadas e as entrevistas.

Esse é um programa bem único e bem americano, então pra mim vale super a pena considerar sim no seu roteiro. Talvez em uma primeira viagem você tenha muita coisa pra conhecer, mas em viagens seguintes pode ser uma opção diferente pra aproveitar! E não custa lembrar que é totalmente gratuito, então mais um bom motivo pra considerar em tempos de dólar alto.

Ah, como eu disse ali em cima, o programa pode ter pausas nas gravações por algum tempo, então não é garantido que ele vá acontecer o ano todo. Se planeje com antecedência pra conseguir os ingressos mas gerencie as expectativas porque pode ser que o programa não esteja sendo gravado na data da sua viagem (mais um motivo pra ir de novo para Nova York).

Outras gravações em Nova York

Vários dos talk shows gravados em Nova York funcionam de formas similares. O Tonight Show do Jimmy Fallon também é da NBC e o processo é bem parecido, também gratuito e que requer planejamento prévio. Por ser um programa mais popular, os ingressos podem ser mais concorridos, então vale ficar de olho no site pra não perder.

Super curiosa pra saber se mais alguém já participou de uma gravação assim. Acho que deu pra perceber como foi legal pra mim, e quero muito ouvir as experiências de vocês também!

Gravação do Late Night with Seth Meyers
Pra quem é indicado: pessoas acima de 16 anos que entendam inglês e tenham interesse em televisão!
Como encaixar na programação: dura pouco mais de 3 horas, no fim da tarde/início da noite. Dá pra fazer outras programações durante o dia, lembrando que não pode entrar com mochilas, malas ou sacolas então vale separar um tempo pra deixar essas coisas no hotel antes da gravação!
Local: 30 Rockefeller Plaza, na entrada da 50 West 50th Street
Como chegar:  de metrô, estação 47th-50th Streets Rockefeller Center, linhas B,D,F e M
Horários: em geral começa às 17h30, mas o horário certinho para chegar vem no seu ingresso.
Preço: de graça, mas precisa se inscrever no site com alguma antecedência!
Avaliação VPD: